As novas placas toponímicas da Póvoa de Varzim


A cámara Municipal da Póvoa ven de instalar nas rúas parte das novas placas toponímicas da cidade. Aquí podedes ver unha delas. Están feitas de modo artesanal e ademais do nome da rúa van ilustradas coa representación da persoa a quen vai adicada a rúa, ou dun motivo alusivo a elementos mariñeiros da Póvoa.
Para quen non as recoñeza, as marcas que fan de marco da placa son as que os poveiros usaban para marcar as súas pertenzas.
Estas marcas non só se usaron na Póvoa, senón que ainda hoxe se usan na Guarda, e sobre as que existe un interesante libro de Antón Ferreira Lorenzo, As marcas dos mariñeiros de A Guarda publicado por ANABAM.
(Via Infogauda)

Etiquetas

2 cometarios sobre “As novas placas toponímicas da Póvoa de Varzim

  1. Esta história das Siglas exclusivas de A ou B é um bocado complicada.
    Na Póvoa dizem ser os únicos, etc. e tal.
    Agora, aparece A Guarda a dizer o mesmo.
    Recordo que aqui há anos, num Colóquio realizado na Biblioteca Municipal da Póvoa, sobre Embarcações Tradicionais, se dizer que quando os pescadores poveiros, devido ao mau tempo, arribavam a “La Guardia” (como então se chamava), subiam ao Monte de Santa Tecla para agradecer, e então, com suas facas, gravavam na porta da Igreja, suas siglas.
    Nesse referido Colóquio, em que participaram Portugueses e Galegos, quando o Arq. Lixa Filgueiras disse ser impróprio dizer Vela Poveira, gerou-se forte polémica em que participei, terminando com uma frase de um representante da Federação Galega, que bem memorisei, e dizia mais ou menos assim:
    É LAMENTAVEL HAVER UMA QUALQUER TERRA QUE SE QUEIRA APROPRIAR DE UM PATRIMÓNIO QUE É DE TODO UM POVO…
    Albino Gomes
    Vila do Conde

  2. Nunca dixemos ser os únicos que usaban as marcas, simplemente que as usamos, que, por outra parte, non poderiamos negar porque aínda hai quen as use.

Comments are closed.